Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sobre tudo e sobre nada.

Provavelmente a última publicação de 2023

Como o próprio título indica, esta é, provavelmente, a última publicação de 2023 aqui no blog. Não me considero a pessoa mais ativa no mundo dos blogs mas sempre que tenho um tempinho e inspiração venho aqui relatar algo que vi/aconteceu ou algo que possa ajudar. Tive muitas visualizações... quer dizer, para mim são muitas, ao longo do último ano e, segundo as estatísticas, foram cerca de 15.000 visualizações. Para mim é muito!

Ultimamente tenho tido mais visualizações devido às publicações da Vinted, pelo que tenho visto há sempre muitas pessoas com diversas dúvidas e tento colocar tudo por aqui para que possa ajudar o máximo possível. Não existe nada mais frustrante do que termos uma dúvida, tentarmos pesquisar e não encontrar resposta ao que pretendemos, quero com essas publicações tentar responder aos mais diversos assuntos. Já recebi mensagens onde indicavam que as minhas publicações tinham ajudado, há algo mais gratificante do que isso? Para mim não.

Entre desabafos, locais que visitei, dicas e ajuda... foi assim que mais um ano se passou. 

Espero que tenham um ótimo Natal e que 2024 seja um ano incrível a nível pessoal e profissional. Lembrem-se sempre: sejam felizes!

Vinted: artigo chegou e está danificado ou artigo não chega

Capturar.JPG

Nem sempre as compras correm como o esperado e por vezes elas atrasam. Outras vezes, recebemos a encomenda mas quando abrimos ela está partida ou danificada. Existem formas de agir diferentes para cada um dos casos que vou tentar esclarecer nesta publicação.

 

1. O artigo chegou e está danificado ou partido

Em qualquer compra recebida é muito importante tirar fotografias ou fazer um vídeo. É algo que não nos podemos esquecer de o fazer pois o conteúdo da embalagem pode estar danificada e assim conseguimos ter provas de como recebemos o artigo. Após termos as fotografias da embalagem, da forma como o artigo chegou vamos à aplicação/site e carregamos em "Tenho um problema". Nunca, sob hipótese alguma, carreguem em "Está OK", porque após isso não há forma de reclamar. Quando carregamos em "Tenho um problema" temos que selecionar a categoria do problema e após isso, é-nos pedida uma descrição e as fotografias ou vídeo que comprove que o artigo está danificado. Ontem aconteceu-me exatamente isso. Comprei um presépio, pois estamos perto do Natal e tenho uma pequena coleção, a caixa fica um pouco amarrotada e desconfiei que pudesse estar danificado. Tirei fotografias da embalagem e, para meu espanto, quando abro tinha uma caixa por dentro que não era rígida, o que fez com que todo e qualquer apertão que a caixa levasse fosse "sentido" pelo presépio. Abri a caixa que estava toda amassada e encontrei plástico bolha, que não foi capaz de suportar os apertões, já que todo o pacote não era rígido e nem tinha inscrição no exterior que se tratava de uma encomenda frágil. Quando reportamos à Vinted este tipo de situações penso que só existem duas opções: ou a Vinted verifica que foi um problema no transporte ou a Vinted culpa do vendedor por não ter embalado bem o artigo. Honestamente eu considerei logo que se tratava dessa segunda opção e foi o que aconteceu. Se a Vinted considerasse que tinha sido um problema durante o transporte, penso que o dinheiro é devolvido ao comprador mas o vendedor também recebe o valor. Quando a Vinted considera que a embalagem não é adequada, o valor é devolvido ao comprador mas o vendedor penso que não recebe nada. Aqui não tenho bem a certeza o que acontece ao vendedor, se estiver enganada deixem nos comentários para corrigir esta informação.

 

2. O artigo não chega

Quando compramos algo é-nos dada uma estimativa de entrega e, por vezes, chega o dia e não recebemos nada. Quando isso acontece a Vinted dá um novo prazo. Por exemplo, fiz uma encomenda onde indicava que iria receber o artigo entre o dia 2 e o dia 4. No dia 4 não a recebi, então a Vinted indicou que se até ao dia 25 não recebesse o artigo iria receber um reembolso. Estes casos são mais aborrecidos para quem comprou algo na Vinted e tinha um dia específico para utilizar ou para oferecer. Costumo dizer que na Vinted não podemos ter pressa em receber os artigos, se queremos oferecer algo para o Natal, o ideal é começar a ver disso o mais cedo possível, ainda em Novembro, para dar tempo a que se acontecer algo, ou ainda chega a tempo ou temos tempo para ver de outro artigo, principalmente se ele vier de outro país, já fiz o envio de um artigo para a Bélgica e demorou mais de 2 semanas a ser entregue e, não estavamos em época de festividades!

 

Em qualquer um dos casos o comprador não fica sem o dinheiro, por isso é que se paga a taxa de proteção ao comprador. Se tiverem mais dúvidas sobre este tema podem deixar nos comentários ou enviar mensagem para a minha conta na Vinted.

Tenho outras publicações sobre a Vinted com informações e dicas:

Vinted: como funcionam as devoluções

Capturar.JPG

Fiz uma compra na Vinted e o que recebi não corresponde ao que comprei. Fiz uma compra na Vinted e o tamanho não está correto. Fiz uma compra na Vinted e a camisola não me serve.

Estas são algumas afirmações de pessoas que receberam artigos mas ou eles não correspondem ou o artigo não serve. Vou tentar ajudar a perceber como funcionam as devoluções e quem paga por elas.

Por vezes os vendedores enganam-se a indicar o tamanho do artigo e, se ele não estiver visível nas fotografias não sabemos. É sempre bom conversar com o vendedor mas na impossibilidade de isso acontecer, apenas nos apercebemos desse engano quando recebemos o artigo. Isso já me aconteceu e aprendi que o ideal é conversar com o vendedor, pedir mais fotos e até as medidas se tivermos alguma dúvida. Também pode acontecer do vendedor enganar-se e enviar um artigo diferente, curiosamente já me aconteceu também.

Em qualquer um desses casos que descrevi podemos e devemos falar com o vendedor, o erro não foi nosso por isso deve ser feita a devolução do artigo e os custos devem ser suportados pelo vendedor. Já ouvi relatos de pessoas que indicam que o vendedor não quer suportar os custos mesmo quando o erro é dele. Aí sugiro entrar em contacto com a Vinted, pois não faz sentido pagarmos para devolver algo. Se algum dia isso me acontecer entro em contacto com a Vinted e, em última análise, coloco o artigo à venda. Mas quando tudo corre bem, o vendedor assume o erro e paga pelo envio, aqui o processo é exatamente igual ao de uma venda, recebemos a etiqueta, colamos e deixamos num ponto de envio. Assim que o vendedor receba o artigo devolvido, dá o OK e o comprador recebe o dinheiro de volta.

Como o processo é exatamente igual, quando a devolução chega ao ponto de recolha que o comprador selecionou, ele terá o mesmo prazo para levantar o artigo como se fosse ele a comprar, caso contrário o artigo é devolvido para o comprador e este, além de receber o artigo fica com o dinheiro. Isto já me aconteceu. Comprei umas calças e recebi outras totalmente diferentes. Encontrei em contacto com o vendedor que assumiu o erro e solicitou a devolução, pagando ele os custos de envio. Colei a etiqueta e enviei. Ele não recolheu o artigo e foi-me devolvido novamente. Quando isso acontece, se o reembolso não for emitido de forma automática, devemos entrar em contacto com o apoio ao cliente da Vinted e explicar a situação para que o reembolso seja emitido o mais rápido possível. Desta forma, o comprador, além de receber o dinheiro de volta, recebe também o artigo no mesmo ponto onde o enviou. Este processo de receber de volta o artigo costuma demorar imenso, não é tão rápido quanto uma compra. Pode demorar meses...

Também existe o caso de comprarmos uma camisola ou calças e quando vamos para experimentar ela não servem ou ficam muito largas. A Vinted é um local onde as pessoas colocam os seus artigos à venda, não é uma loja, por isso as devoluções neste caso são diferentes. Quando compramos algo numa loja temos sempre um prazo para devolver caso não sirva ou por outro motivo. Na Vinted se não gostamos do artigo ou não serve podemos falar com o vendedor mas muito dificilmente ele irá suportar os custos de algo que não foi um erro dele. Por isso, vejo duas opções para esta situação: ou o comprador assume o erro e devolve o artigo pagando os custos de envio, ou então coloca o artigo novamente à venda.

Se houver alguma dúvida sobre devoluções que eu consiga ajudar podem deixar nos comentários ou enviar uma mensagem para mim na Vinted!

Tenho outras publicações sobre a Vinted com informações e dicas:

Vinted: como comprar na Vinted?

Capturar.JPG

A Vinted é uma plataforma onde podemos comprar diversos artigos que outras pessoas nunca utilizaram ou já não usam. É preciso ter em atenção sempre o estado ou o preço do artigo. Nesta publicação irei dar algumas dicas para realizarmos uma boa compra.

 

1. Pesquisa

Tudo começa com a pesquisa, podemos utilizar as categorias pré-definidas pela Vinted ou escrever exatamente o que pretendemos na caixa de pesquisa e obter uma lista de artigos. Para facilitar podemos também indicar os tamanhos que vestimos, limitar por preço ou até mesmo pela marca. Quantos mais filtros colocamos mais rapidamente chegamos ao artigo que queremos, a menos que seja uma pesquisa "para ver o que há" e, nesse caso, não devemos colocar tantos filtros para que a lista tenha o máximo de artigos possível.

 

2. Análise do artigo

Encontrei o artigo que quero, e agora? Agora é preciso calma. Qual o estado que o vendedor colocou? Vamos analisar as fotos, corresponde ao estado ou parece mais desgastado? É preciso ter todos os pormenores, analisar as cores porque elas podem ser diferentes entre cada foto devido à luminosidade, verificar o estado do artigo, ver se o preço parece ser justo tendo em consideração o estado dele e ver também os custos de envio. Dependendo do país onde o artigo se encontra os custos podem variar entre 2€ ou cerca de 6€ assumindo a transportadora mais barata, no momento da compra esse preço pode subir dependendo da transportadora escolhida. Existem alguns casos em que o artigo não apresenta custos de envio, o que é ótimo porque assim só pagamos o preço e a proteção ao comprador. Sempre que fazemos uma compra pagamos o valor indicado mais a proteção ao comprador e mais os custos de envio, se eles existirem. Mas qual o motivo de pagar a proteção ao comprador? Essa taxa é obrigatória e garante que a Vinted irá reembolsar o valor se algo acontecer seja no envio ou se o artigo for dado como perdido. Nesses casos o valor pago é devolvido.

 

3. Pesquisar pelo mesmo artigo

Um truque é pesquisar pelo mesmo artigo. Já sei o artigo que quero comprar, coloco nos favoritos e vou à procura de outros artigos iguais, mas como? Muito simples. O artigo que escolhemos pode ter a marca, com isso é realizar uma nova pesquisa onde escolhemos a categoria, a marca e a cor. Às vezes não aparecem outros artigos iguais, mas outras vezes aparecem vários, com isso é analisar o estado e o preço. Podemos sempre encontrar o mesmo artigo à venda por outro vendedor, que esteja num melhor estado e até possa ser mais barato!

 

4. Comunicar com o vendedor

Para termos a certeza que o artigo serve ou que está em boas condições podemos entrar em contacto com o vendedor e solicitar mais fotografias, medidas do comprimento/largura, questionar se foi muito utilizado, entre outros. Isso ajuda a perceber se o artigo é o ideal para nós e evita possíveis enganos. Numa das minhas primeiras compras o artigo chegou com o tamanho errado. Era uma camisola que estava indicado que era do tamanho L, quando chegou era um S, obviamente não me servia e falei com a vendedora que solicitou a devolução. Este é um tema também muito importante que irei abordar numa outra publicação

 

5. Ver outros artigos do mesmo vendedor

Após termos o artigo escolhido é sempre bom verificar o que o vendedor tem pois podemos encontrar outro artigo que nos possa despertar interesse e, com isso, apenas pagamos uma vez os custos de envio. Existem vendedores que têm descontos para conjuntos o que é bastante apelativo, pois compramos mais artigos e ainda temos um bom desconto pagando apenas uma vez os custos de envio. Se escolhermos mais do que um artigo,  a plataforma necessita que o vendedor indique o tamanho da encomenda e, somente após essa confirmação é que conseguimos finalizar a compra.

 

6. Escolher do método de pagamento e envio

Para finalizar a compra temos que indicar o envio e o método de pagamento. O envio pode ser realizado para a nossa casa ou para um ponto de recolha. O envio para o ponto de recolha costuma ser mais barato, é apresentada uma lista e vemos qual o ponto de recolha que é melhor. O método de pagamento é sempre por cartão ou saldo Vinted se já foi realizada alguma venda.

 

Numa outra publicação irei indicar o que acontece se o artigo nunca chegar ou se chegou mas está danificado. Caso tenham alguma dúvida podem deixar nos comentários ou enviar mensagem para mim na Vinted, terei todo o gosto em ajudar no que conseguir!

Tenho outras publicações sobre a Vinted com informações e dicas:

Vinted: como ter muitas vendas?

Capturar.JPG

A Vinted é um site/app que nos permite vender artigos que já não utilizamos independentemente do estado (novo ou usado).

Tenho-me focado em perceber como funciona para partilhar toda a minha experiência. Nesta publicação vou dar 5 dicas para conseguirem vender mais e, com isso, ganhar dinheiro extra.

 

1. Fotografias

O primeiro passo é tirar boas fotografias. Mas o que seriam boas fotografias? Algo que dê para ver em detalhe o artigo. Aconselho a criar um cenário, pode ser todo branco, rosa, com folhas ou velas, apenas para criar uma "imagem de marca". Com isso, posicionar o artigo bem no centro numa posição com boa iluminação. Tirar a fotografia e verificar se as cores estão minimamente parecidas à do artigo. O ideal é tirar várias fotos de todos os lados do artigo e, no fim, verificar se todas ficaram com as mesmas cores. Isto porque, por exemplo, uma camisola que seja azul clara, dependendo da luminosidade pode parecer numas fotos que é cinza e noutras que é azul. Dá para classificar o artigo colocando a cor mas é muito mais apelativo se a pessoa conseguir ver a cor real e que corresponda o máximo possível à realidade. A fotografia deve ser sempre na vertical, que é a forma como a Vinted mostra os artigos.

 

2. Descrição com hastags

Descrever ao máximo o artigo, não é necessário um texto muito longo, mas indicar se foi utilizado, quantas vezes, se tem alguma imperfeição, entre outras informações que ajudem o comprador. No fim da descrição é importante colocar hashtags, elas ajudam a que o artigo apareça mais facilmente quando a pessoa pesquisa por texto.

 

3. Preço

Definir um bom preço é meio caminho andado para boas vendas. O preço não deverá ser exageradamente alto. Por exemplo, se o artigo foi adquirido a 10€ e já está utilizado, se for colocado à venda pelos mesmos 10€ é bem possível que não seja vendido, porque a pessoa irá ver que estará a pagar um valor que parece ser de algo novo mas que já está utilizado. E, nunca esquecer que a pessoa irá pagar pela proteção ao comprador mais custos de envio, o que fará com que esses 10€ se transformem rapidamente em 13/14€ para o comprador, dependendo da transportadora escolhida. Aqui é preciso ter em atenção o que queremos fazer quando alguém adicionar o nosso produto aos favoritos. Existem pessoas que quando vêem que alguém adicionou aos favoritos propõem um valor mais baixo. Outras não gostam de "correr atrás" e apenas querem vender o artigo por aquele valor. Por isso, se for pretendido oferecer um desconto sugiro que o preço indicado seja algo como 0,50€ ou 1€ a mais do que pretendemos receber para, quando alguém adicionar aos favoritos, podemos fazer uma oferta com um desconto.

 

4. Favoritos

Os favoritos são essenciais para que o nosso artigo seja mostrado a mais pessoas. Se um determinado artigo começar a ter muitos favoritos quer dizer que há várias pessoas que gostaram e que têm interesse, por isso, a plataforma entende que se trata de algo que outras pessoas podem querer e sugere o nosso artigo a mais pessoas. Por isso fazer trocas de favoritos ajuda imenso e é algo que eu já analisei. Sempre que fiz trocas de favoritos vendi vários artigos e, quando não fazia trocas de favoritos, deixava de vender. Além disso, eu fazia simulações, isto é, pesquisava por palavras-chave que outras pessoas poderiam utilizar para ver em que posição era sugerido o meu artigo e, após trocas de favoritos voltava a verificar e a posição dele mudava sempre e ficava visível de forma mais rápida. Existem grupos no Facebook para realizar essa troca de favoritos, se quiseres entrar num grupo onde há entre-ajuda podes enviar mensagem para mim na Vinted ou deixar um comentário aqui.

 

5. Incentivo à compra

Este tópico é sobre o que indiquei no preço. Quando alguém adiciona o nosso produto aos favoritos podemos enviar uma mensagem a indicar que estamos disponíveis para enviar mais fotografias ou outra informação que a pessoa deseje. Com isso também podemos oferecer um desconto dependendo da margem que colocámos no preço. Só que é preciso ter muito cuidado com este ponto. Existem pessoas que não gostam de ser incomodadas e outras que apenas esperam que o vendedor o faça. É um pouco difícil aconselhar se a pessoa deve ou não fazê-lo porque depende muito da pessoa que está do outro lado. Eu costumo aguardar algumas horas e depois envio uma mensagem ou faço uma proposta para um novo preço. Após isso não incomodo mais a pessoa, se ela quiser tem lá o desconto e terá liberdade total para comprar.

 

Já fiz uma outra publicação sobre a Vinted por aqui onde explico um pouco como funcionam as vendas. Nas próximas publicações irei também dar dicas de como comprar na Vinted e tudo o que precisam saber para a primeira compra.

Se tiverem alguma dúvida podem deixar nos comentários ou enviar mensagem diretamente na Vinted, ajudo sempre no que conseguir.

Tenho outras publicações sobre a Vinted com informações e dicas:

A azáfama dos presentes

Chegou o momento do ano em que as pessoas procuram intensamente por presentes. Tudo serve para presentear alguém, desde meias, queijos, chocolates, vinho, camisolas... enfim, existe todo o tipo de presentes para todos os gostos.

Há dias conversava com uma senhora que me disse que na casa dela não há presentes. Achei curioso e questionei o motivo. Respondeu-me que apenas oferece uma prenda a cada filha no aniversário, porém, no Natal e outros dias festivos não oferece nada a ninguém porque as pessoas devem dar quando a outra precisa. Se ela sabe que uma filha precisa de umas botas novas e não tem possibilidade de as comprar, se ela encontrar umas botas boas e a um bom preço, compra e oferece. Disse-me ela que estas datas só servem para as pessoas gastarem dinheiro e que, num momento destes, as pessoas não têm quase dinheiro para comer quanto mais andar a oferecer prendas que muitas vezes ficam arrumadas num canto porque não precisamos e nem utilizamos aquilo.

Isso vai de encontro a algo que eu já puliquei por aqui, dar presentes por dar, gastar dinheiro por gastar. No Natal eu não sou tão rigorosa quanto aquela senhora, por exemplo, no dia dos namorados acho ridículo encherem o/a companheiro/a de prendas, mas confesso que no Natal um chocolate é sempre bem recebido (pelo menos para mim, não é preciso toneladas de chocolates, apenas um...) mas muitas pessoas dão prendas por dar, sem nexo, já vi pessoas receberem de presente um gorro e luvas quando na verdade nunca utilizaram tal coisa, odeiam isso e, por esse mesmo motivo, é que não têm e não usam. O que acontece? Se não houver talão para troca é mais um coisa que fica lá por casa "no monte" e se houver talão de troca ainda "obrigam" a pessoa a deslocar-se a uma loja que possivelmente não terá nada que agrade à pessoa presenteada.

Por isso mesmo é que é preciso conhecer muito bem a pessoa... em última análise, oferecer dinheiro é algo que dá sempre jeito, assim a pessoa compra algo útil sem perder tempo com trocas de artigos.