Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sobre tudo e sobre nada.

Baleal e os seus encantos

WhatsApp Image 2022-09-05 at 13.57.31.jpeg

Todos os anos, no verão, escolho um local para umas férias, preferencialmente junto à praia. Este ano de 2022 escolhi o Baleal. Fui à descoberta porque era um local que nunca tinha visitado. Escolhi ficar por lá duas semanas e, no meio de tantas inseguranças se o destino seria o ideal para duas semanas, encontrei um pequeno paraíso.

É certo que nem todos gostamos do mesmo, por isso o que eu chamo de paraíso pode ser o contrário para outras pessoas mas o que eu ali vi e vivi foi algo que adorei.

Já tinha lido que o Baleal tinha sido uma ilha, o que faz todo o sentido porque para irmos até lá temos que atravessar a areia, o que antigamente podia muito bem ser água. Confesso que quando cheguei fiquei encantada com o local. Eu amo locais assim, simples, pequenos e o melhor de tudo, que tenham praia, e este local tinha mais do que uma praia!

Amo caminhar e, percorrer o Baleal pela manhã foi algo que me encheu o coração. Eu sei que o que estou a dizer pode parecer um perfeito disparate. O Baleal é pequeno e eu estou a dizer que gosto de caminhar, o que é estranho visto que a caminhada não era longa. Sair de casa pela manhã, dar uma pequena volta por aquela que já foi uma ilha e parar a cada passo para ver a incrível vista que se tem é algo que não tem preço. Via-me a morar ali o ano inteiro.

Normalmente, quando estou duas semanas num local nunca fico as duas semanas por lá, aproveito sempre para conhecer o que está mais acima ou abaixo, enfim, para não ficar sempre no mesmo sítio. O que aconteceu? Não aconteceu. Fiquei ali duas semanas. De manhã passeava por ali mesmo, mais parada do que a passear. Aproveitava a vista, o som das ondas e do vento. De tarde ia até à praia, uma praia bem calma comparando ao meu padrão de praias do norte de Portugal. À noite, como estava mesmo ali, ouvia a força das ondas contra as pedras. Não queria sair dali.

Um dia fui a Peniche, percorrer a costa e ver mais maravilhas de Portugal, mas rapidamente voltei para aquele que passou a ser o meu refúgio, um dos locais que mais amei visitar.

Voltarei ao Baleal? Sem dúvida, pode não ser para já mas voltarei porque ali eu sei que sou feliz.

* A foto de capa é da minha autoria.

2 comentários

Comentar post