Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sobre tudo e sobre nada.

Desânimo...

Tenho andado um pouco desanimada, não sei ao certo o motivo, talvez um conjunto de coisas. 

Hoje dei por mim a ter uma conversa sobre algo que possivelmente está a contribuir para este desânimo, não que seja o principal motivo, se é que existe algum que se destaque, mas que claramente me tem desmotivado de uma certa forma.

No meio dessa conversa vi que não adianta pensar e investir em algo que provavelmente não terá mudanças, em algo que irá ser sempre assim, resta-me aceitar ou desistir. É aqui que fico num impasse. Não quero aceitar mas também não quero desistir. Aceitar implica ir contra aquilo que sou e em que acredito, pois se aceito estou a deixar de ser eu...

Ninguém é perfeito e muito menos eu o sou, não exijo perfeição de ninguém, apenas que as pessoas se comprometam seja com o que for. Que cumpram o que é estabelecido. Que se esforcem por melhorar. Que vejam onde estão os problemas e que tentem resolver, ou pelo menos amenizar. Aceitar outras opiniões e analisar se fazem sentido e se realmente iriam melhorar.

Há conversas que me levam a pensar mais, por vezes apenas com uma simples pergunta que vem do outro lado. "A sério? Não me digas" parece algo banal, pergunta tão simples mas que me fez parar e olhar para ela. Eu já vi que não acho correto, que algo não bate certo, mas olhando para a pergunta vejo que não estou sozinha "nesse barco". Será que faz sentido? Não, não faz.

Não sou daquelas pessoas que pensam demasiado nos assuntos. Não fico a colocar suposições para chegar a possíveis conclusões. Mas neste momento vejo um acumular de ações que me levam a pensar.

Defendo sempre e, se não me engano, já fiz uma publicação aqui no blog sobre a importância do diálogo, porque sem ele não sabemos o que a outra pessoa pensa/quer e por vezes geram-se grandes conflitos. Aqui já existiram algumas tentativas... Mas não se vêem mudanças...

É um tema confuso, mais ainda descrevê-lo aqui sem indicar o que é.

6 comentários

Comentar post